REPUBLICADO POR INCORREÇÃO
ESTADO DO ACRE
PREFEITURA DE PORTO WALTER
GABINETE DO PREFEITO


DECRETO N.º 47/2020 DE 11 DE MAIO DE 2020


DISPÕE SOBRE NOVAS MEDIDAS TEMPORÁRIAS DE PREVENÇÃO

AO CONTÁGIO PELO NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19) NO ÂMBITO
TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE PORTO WALTER/ACRE

E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO WALTER, ESTADO DO ACRE,

no uso de suas atribuições legais e constitucionais, bem como suas

atribuições previstas na Lei Orgânica Municipal,


CONSIDERANDO a necessidade de atualizar a edição de medidas

para o enfrentamento do Coronavírus;


CONSIDERANDO que a omissão do Município de Porto Walter/Acre

poderá gerar um grave transtorno à saúde coletiva e a responsabilização

de seus agentes e do próprio Município decorrente dessa omissão;


CONSIDERANDO que a saúde é direito de todos e dever do Poder Público, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução
do risco de doença e de outras consequências e ao acesso universal e

igualitário às ações e serviços para a proteção e recuperação na forma

dos artigos 196 e 197 da Constituição da República;


CONSIDERANDO as previsões da Leis 13.979/2020, 6.4371977 e,

Portaria Interministerial n. 05/2020 que veiculam, respectivamente,

normas gerais de enfrentamento da emergência decorrente do

Coronavírus, estabelece sanções às infrações sanitárias federais

e dispõe sobre a compulsoriedade das medidas de enfrentamento

da emergência de saúde pública prevista na Lei 13.979/2020.


DECRETA:


EMBARCAÇÕES FLUVIAIS DE QUALQUER NATUREZA
Embarcações de Transporte de Pessoas
Art. 1º.
Ficam proibidas as viagens fluviais e aéreas, quer saindo

ou chegando do Município de Porto Walter, por 15 (quinze) dias

podendo ser prorrogado por período sucessivo se assim a situação

exigir;
§ 1º- Estão excluídos da regra do caput:
I- que transportarem passageiros para realização de consultas, retornos,

exames, cirurgias e procedimentos médicos, com datas confirmadas pela
comissão/autoridades sanitárias e acompanhadas de documento médico.
II- que transportarem profissionais da saúde, segurança e funcionários públicos indispensáveis ao funcionamento do município, situações estas que
somente serão autorizadas após a análise e decisão da comissão/autoridades sanitárias, que confeccionarão uma ata para registrar as negativas e autorizações, desde que cumpram a quarentena obrigatoriamente.
§ 2º-Somente poderão viajar nas embarcações acima citadas as pessoas descritas nos incisos I e II do § 1º do art.1º e um condutor do barco; todos
mantendo o distanciamento e uso de máscaras.
§ 3º-As embarcações deverão estar devidamente higienizadas e disponibilizar álcool em gel para o tripulante e passageiros.
§ 4º- A comissão/autoridades sanitárias estipularão as distâncias e quantidades de pessoas que devem estar dentro das embarcações.
Das Penalidades


Art. 2º- O descumprimento das determinações previstas no art. 1º

sujeitará o infrator às penalidades descritas no artigo 10, inciso XXIII,

da Lei 6.4371977, cujo texto é: “Art. 10 - São infrações sanitárias: XXIII - descumprimento de normas legais e regulamentares, medidas, formalidades e
outras exigências sanitárias pelas empresas de transportes, seus agentes e consignatários, comandantes ou responsáveis diretos por embarcações, aeronaves, ferrovias, veículos terrestres, nacionais e estrangeiros: pena - advertência, interdição e/ou multa;”
§ 1º. As multas a serem aplicadas, a depender das circunstâncias previstas na Lei 6.437/1977, serão a partir de R$ 2.000,00 (dois) mil reais.
§ 2º. Além das penalidades descritas no parágrafo acima será cumulativamente apreendida a embarcação, nos termos do art. 2º, III, da Lei 6.437/77.
Embarcações de Transporte de Cargas


Art. 3º- O transporte de cargas está vetado por 15 (quinze) dias, tendo

em vista os casos existentes nos municipios fronteiriços, podendo ser

alterado mediante a necessidade do municipio;
§ 1º- Fica terminantemente proibido o transporte de passageiros nas embarcaçoes de carga; sendo permitido, tão-somente, a presença de no
máximo 03 (três) a contar com o condutor.
§ 2º. As mercadorias transportadas deverão ser submetidas, antes do desembarque, a todos os procedimentos sanitários determinados pela comissão/autoridade sanitária. Os insumos só poderão ser retirados 72 horas após a higienização, mediante autorização da vigilância sanitária.
§ 3º. A tripulação dos barcos de transporte de carga deverá cumprir as orientações de prevenção indicadas pela comissão/autoridade sanitária.
§ 4º. A tripulação dos barcos de transporte de carga deverá cumprir quarentena, e quando de seu retorno se submeter a acompanhamento por um
Agente Comunitário de Saúde.

 

Das Penalidades
Art. 4º-
O descumprimento das determinações previstas no art. 1º

sujeitará o infrator às penalidades descritas no artigo 10, inciso XXIII,

da Lei 6.4371977, cujo texto é: “Art. 10 - São infrações sanitárias: XXIII - descumprimento de normas legais e regulamentares, medidas,

formalidades e outras exigências sanitárias pelas empresas de transportes,

seus agentes e consignatários, comandantes ou responsáveis diretos por embarcações, aeronaves, ferrovias, veículos terrestres, nacionais e estrangeiros: pena - advertência, interdição e/ou multa;”


                                     [.......]


Art. 26. O procedimento administrativo referente a aplicação das multas

contidas nesse Decreto seguirá em todos os termos a previsão da Lei

6437/1977.

 

Art. 27. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação e terá

vigência enquanto perdurar o estado de emergência internacional e/ou

nacional decorrente da contaminação pelo coronavírus, podendo ser

aplicado, no que couber, a Portaria Interministerial nº. 5, de 17 de março

de 2020, Decreto n.º 26/2020 DE 20 de Março de 2020, Decreto

nº 029/2020, de 25 de Março de 2020 e Decreto n.º 36/2020 de 15

de Abril de 2020.


GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO WALTER,
ESTADO DO ACRE, EM 11 DE MAIO DE 2020.


Jose Estephan Barbary Filho
Prefeito Municipal

 

***

ESTADO DO ACRE
PREFEITURA DE PORTO WALTER
GABINETE DO PREFEITO

 

DECRETO N.º 47/2020 DE 11 DE MAIO DE 2020


DISPÕE SOBRE NOVAS MEDIDAS TEMPORÁRIAS DE PREVENÇÃO

AO CONTÁGIO PELO NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19) NO ÂMBITO
TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE PORTO WALTER/ACRE

E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Decreto N° 047/2020 Novas Medidas temporária de prevenção

Ano
Publicação
Meses
Órgão
Excepcionalidade
  • Rep. por Incorreção

    DOEAC 12.800

    Data 18/05/2020

    Pág.(s)  32-33

    ****

    DOEAC 12.797

    Data 13/05/2020

    Pág.(s)  46-48

Menu da Transparência

Saiba como e onde o Prefeito

tem investido as arrecadações.

           

 

 

              Página inicial

Pessoal/Folha/RH

Patrimônio Público

Veículos (Frota Municipal)

Convênios por Parlamentar OGU

Convênios Federais

Lista de Beneficiários do Bolsa Família

Transferências Acumuladas

(FPM, Fundeb, Sal. Educação, ITR, FEX, CIDE, FEP, CFEM, AFM, Lei 87-96 "Kandir", ICMS) por ano

Lista de Precatórios

Rede "SIM" Simples 

Sala do Empreendedor

Acesso à Informação

   - Registrar 

   - Consultar

   - Estatísticas eSIC

    -Glossário

Fale Conosco

   Estatísticas de Contato

logo-decorp.png
bandeira1.png
Fale Conosco (SIC Físico)
Prefeitura Municipal de Porto Walter
CNPJ 84.306.588/0001-04
Rua Alfredo Sales nº S/N
CEP 69934-000, Centro, Porto Walter
E-mail:
prefeituraportowalter@gmail.com
Fone: (68) 3325-8027
Segunda a sexta: 7:30 as 13:30 
  • Porto Walter, Acre (Facebook)
  • Porto Walter, Acre (YouTube)